Artigo Científico

ANÁLISE DO DESASTRE DE MARIANA ATRAVÉS DA CLASSIFICAÇÃO      SUPERVISIONADA DE IMAGENS DE SENSORIAMENTO REMOTO

Erika de Oliveira Barros, Sergio Vicente Denser Pamboukian

Resumo

O uso de novas tecnologias para o monitoramento ambiental e a análise de informações geoespaciais vem crescendo de forma acelerada. Os softwares de Sistemas de Informações Geográficas, em conjunto com imagens obtidas através de Sensoriamento Remoto, permitem a análise detalhada de mudanças ocorridas na superfície terrestre. Este trabalho utiliza a Classificação Supervisionada de imagens de satélite para analisar as consequências do desastre ambiental que ocorreu em 2015 com o rompimento da barragem de rejeitos de Fundão, localizada na cidade de Mariana, no estado de Minas Gerais, Brasil. O estudo analisa as imagens da área afetada antes e depois do evento. As imagens classificadas permitem ver em detalhes o caminho percorrido pela lama e delimitar as áreas afetadas.

 

Publicado em 2017 na Revista Mackenzie de Engenharia e Computação.

Clique aqui para ter acesso ao artigo completo.


Trabalho de Conclusão de Curso

ANÁLISE EXPERIMENTAL DO COMPORTAMENTO DO CONCRETO COM ADIÇÃO DE FIBRAS DE VIDRO

Anderson Expedito Campos e Silva, Erika de Oliveira Barros, Joyce Coelho Pimentel, Valmir Araújo Pereira de Brito

Resumo

O concreto é o material mais utilizado na construção civil. Possui como característica principal a alta resistência à compressão e deve apresentar consistência e boa trabalhabilidade. É possível fabricá-lo a partir da mistura de cimento, água e agregados miúdos e graúdos. Complementarmente, em função dos objetivos a serem alcançados, podem ser adicionadas adições, como as fibras de vidro. Este trabalho tem como objetivo avaliar as alterações ocorridas nas resistências do concreto com adição das fibras de vidro. A utilização das fibras alteram as propriedades do concreto, principalmente sua trabalhabilidade, fazendo com que a mistura demande mais água e mudando a dosagem dos componentes. Com os concretos preparados, mediu-se sua consistência e realizaram-se ensaios de propagação de onda ultrassônica, compressão axial, tração por compressão diametral e tração na flexão com carga aplicada no meio do vão livre. Utilizando as fibras para reforçar o concreto submetido a esforços de tração, estas trabalham de forma a ajudar o concreto. A resistência à tração do concreto aumenta com a utilização de fibras de vidro, provando que estas atuam como pontes de transferência de tensões e conforme aumenta a quantidade de fibras, maior será a resistência adquirida à tração, porém, existe um teor ótimo, o qual, a partir desse ponto, aumentar a quantidade de fibras na mistura diminuirá sua capacidade de resistir a esforços de tração.

 

Apresentado em 2017 na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Clique aqui para ter acesso ao estudo completo.

Anúncios